domingo, 16 de novembro de 2008

Silvia Castro em campanha contra a Dengue - leia a reportagem abaixo:

Sesc e Fecomércio promovem campanha de combate à dengue
JB Online


RIO - Para ajudar no controle da dengue, o Sistema Fecomércio-RJ inicia a campanha de combate à doença nesta segunda-feira, a partir das 7h. Agentes voluntários vão visitar casas e o comércio dos bairros para traçar, com a ajuda de um questionário, o nível de conhecimento da população quanto aos métodos de combate aos criadouros e ao mosquito. A campanha aplicará, ainda, testes de sorologia da doença que vai apontar o nível de contágio no município do Rio de Janeiro. Alunos de enfermagem do SENAC Rio, coordenados pela universidade farão as coletas nas unidades do SESC Rio, SENACRio e Fecomércio-RJ. O objetivo é que sejam recolhidas amostras de 4,5 mil pessoas, aleatoriamente.

O projeto começa pelo SESC Madureira (R. Ewbanck da Cãmara, 90) e percorrerá outras regiões do Estado. O objetivo é educativo e preventivo: auxiliar na identificação dos diversos níveis de incidência da contaminação da doença no Estado do Rio de Janeiro para apoiar os esforços públicos. Além disso, os voluntários vão visitar escolas, promovendo jogos recreativos para crianças, contação de histórias e encenações de esquetes teatrais para alertar sobre os perigos da doença.

Até outubro deste ano, já foram notificados 250.026 casos de dengue no Estado do Rio de Janeiro, segundo a Secretaria de Estado de Saúde e Defesa Civil. Os dados, ainda parciais, só perdem para a epidemia de 2002, quando ocorreram 288.245 casos de dengue em território fluminense. Em 2008, também segundo a Secretaria de Saúde, 181 mortes foram confirmadas e 143 estão sob investigação - 56 foram por dengue hemorrágica.

A primeira etapa do projeto, previsto para terminar em março de 2009, será realizada no Rio de Janeiro, em Angra dos Reis e em Nova Iguaçu, áreas onde houve maior incidência de casos de dengue este ano. No Rio de Janeiro as áreas são: Curicica, Anil, Taquara e Gardênia Azul (Jacarepaguá) e Bonsucesso, Olaria, Ramos e Manguinhos (Ramos). Em Nova Iguaçu a campanha acontecerá na Posse, Cerâmica, Vila de Cava, Miguel Couto e Santa Rita. Em Angra dos Reis, no Centro, no Balneário e em Japuíba.

Agentes voluntários vão distribuir material gráfico nas portas das residências e orientar a população quanto à importância da adoção de medidas que contribuam para a redução da incidência da doença próximo ao verão, época propícia para a proliferação do mosquito por causa da chuva. Nas escolas, os alunos receberão folhetos em formato de história em quadrinhos, estimulando-os a serem multiplicadores nas suas famílias. Nas unidades do SESC Rio e SENAC Rio também serão alertados quanto às práticas de prevenção da dengue. Está prevista também a abordagem em empresas de todos os portes.

Um comentário:

edison disse...

estou a tempos querendo fazer uma sugestão sobre a dengue , todos ja sabem que para transmitir o virus , a femea do mosquito precisa estar contaminada , e pra isto ela tem que picar uma pessoa que já esta contaminada (ouseja doente ) então a sugestaõ é que as prefeituras distribuam tela (mosquiteiro) para que as femeas do mosquito não tenhan ascesso aos doentes e não se contaminando , não podem contaminar as pessoas sãs