quarta-feira, 29 de abril de 2009

"Rio, uma cidade de leitores..."





Queridos...
Dia 28 de abril...
Centro da cidade...
Academia Brasileira de Letras...
Um projeto: para além dos partidos - investir na formação do leitor...
Um convite: uma história para contar...
Então, a escolha: "Duas Palavras", de Isabell Allende.
Uma canção para inventar...
Na hora, o coração na mão na terra dos Imortais.
E a história virou um grande abraço.
Gente... Ziraldo na platéia!
E M O Ç Ã O!
Depois, as palavras foram dançando soltas e alcançando os corações até o final...
Até a reinvenção da história no ouvir!
E
Quando as palavras se calam...
É no silêncio que elas se multiplicam...
Numa infinidade de possibilidades de sentido...
Festa no peito...
Festa na terra...
Festa no ar...
E que venham mais e mais histórias para contar...

Bjs

Silvia Castro - atriz, contadora de histórias, educadora

sexta-feira, 3 de abril de 2009

Na luta...



Olá, amigos...
"Lutar com as palavras é a luta mais vã... No entanto lutamos, mal rompe a manhã..." Carlos Drummond de Andrade

Na luta! Na luta pela sobrevivência a gente se esquece de viver... Viver no sentido genuíno... De ficar perto de quem a gente ama... Minha vida é uma correria... Acho que como a de todo mundo que anda na linha... Embora a linha balance sempre: às vezes é um trem que te atropela, às vezes dá pra brincar com a sombrinha, com a sobrinha (a filha da minha irmã de quem sou madrinha...) ou mesmo com a sobrinha do tempo que fica pra gente se sentir feliz... Doida eu? Graças a Deus... Me sobrou foi a vontade de ainda sentir as coisas da vida... As flores, as borboletas - e não é que ainda tem borboleta! - e afins... Continuo cantando, contando histórias e me esparramando por aí: na água da chuva, no brilho do sol, na solidão das estrelas, na fúria do fogo... Me esparramando... Igual flor de beira de estrada... "Só serei flor, quando tu flores no verão..." E, por falar em flor, onde é mesmo que estão os homens de boa vontade? HEIM?!