Pular para o conteúdo principal

Ser ou Nao Ser?


Nao ha como nao SER

Faz calor

É  minha alma anda solta a aprender outras  línguas

As palabras se esvaziam de sentidos

Mas os gestos nao

Sinalizam

Entao o exercicio que faco é de compor sentidos lendo olhos e corpos

Assim eu também

Faco um exercico diario

Ultrapasssar as palavras para me comunicar

E nesse ritual, encontro-me

Permito que minha alma aprisionada

Se liberte e fale

É essa a que conversa

A que conta histórias

A que encanta

Sinto que reconheco essa alma de outros tempos

E descubro

Estarrecida

Que como numa história, um feitico terrível caíra sobre ela

Sim

Essa alma, a que se liberta

Esteve aprisionada a todas as suas dores

A todos os dissabores

Porque  aprendera a SER como se quiseram que Fosse

E assim esvaziava seus días a viver a sequencia das horas

O desencantamento comecou

E enquanto se desencanta, mais forte e bela fica

Foi preciso que essa alma retornasse

Lendo o outro para comecara a ler a si

E ver que nao é tao terrivel

Ser tao doce

E amar tanto

E ser tao sensivel…

Esta alma agora anda assustada com tantas revelacoes

Mas se faz forte porque

Encontrara seu destino

O destino de buscar, encontrar para partir e buscar de novo…

O destino de SER

Faz Calor…

Nao há como nao SER



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SAIBA MAIS SOBRE SILVIA CASTRO!

Atriz, professora da Rede Pública e estadual, Silvia Castro alia sua experiência em teatro às aulas, através da mediação de leitura e da contação de histórias, para incentivar o encontro do jovem com o livro. Na mediação de leitura, em roda, Silvia lê histórias para as crianças, provocando o encontro delas com o desejo de ler e conhecer a vida e outras obras de muitos autores, a partir deste contato inicial. Na contação de histórias, a educadora, adapta contos populares do Brasil e do mundo, utilizando recursos teatrais em suas apresentações, criando personagens, interpretando canções, tudo para encantar os jovens e criar pontes que possibilitem o encontro do jovem com a leitura. Faça contato para saber mais: silviacastro66@hotmail.com





ENCANTOS NO RJ TV

O espetáculo ENCANTOS - HISTÓRIAS E CANÇÕES roda o circuito carioca há muitos anos...
Invadiu também muitas praias como México, Colômbia, Cuba que ouviram um pouquinho do repertório compilado por mim, nessa trajetória de mais de vinte anos de causos!
E voltei ao Rio para virar notícia!
Olha que legal!
Bjs!

#POESIAAGORA

Ontem, hoje, amanhã É dia de Poesia De POESIA AGORA!
Porque o coração pede
Porque a voz quer cantar
Celebrar por sobre os apesares

Roubaram a rosa vermelha no meu cabelo
Falharam
Nasceram 35 rosas vermelhas em seu lugar
E ando enebriada de tanto perfume
E vontade de criar
E como sou tão singular
Vaticino: a rosa vermelha que você roubou
Nunca nascerá linda em outro lugar

Amanhã é dia de POESIA AGORA
E ainda que meu livro como num conto de fadas
Adormeça na gaveta
Dentro de mim tenho milhões de
Histórias pra compartilhar
Me deem uma palavra
Uma palavra só
E
em um simples minuto, vou te fazer delirar
Despertar, desenterrar aquela lágrima soterrada
Em descaminhos
Duvida?
Devoro-te!

Amanhã é dia de POESIA AGORA
E só por isso
Escorregam poesias do meu coração para a ponta dos meus dedos
Perpassando todos os poros de minha pele
E a juventude corre em minhas veias
Misturada em meu sangue senil
Sou mais, muito além daquilo que você vê
E teimo em existir!

Amanhã é dia de POESIA AGORA
Porque somos feit…